Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Deixa que te Leve - Luz faz parto de Márcia mas é incriminada

por hitany-fx, em 28.10.09

Furiosa por não esquecer que, mais uma vez, o marido a ignorou, acaba por sentar-se no sofá, à espera que o ambientalista regresse da rua e o desconforto passe.

Porém, a irmã de Manuel volta a sentir uma forte dor, desta vez nos rins, e começa a ficar inquieta e preocupada. Sem outra alternativas, tenta ligar a Pedro para pedir ajuda, mas sem resultados, pois não tem rede. Com os nervos flor da pele, a vilã não tem outra alternativa se não ligar à mãe. Porém, mais uma vez, não consegue estabelecer a ligação e fica aflita, pois as águas rebentam. Márcia está, então, prestes a dar à luz e vê-se sozinha, sem conseguir auxílio.

Entretanto, a vilã apercebe-se que alguém está à porta e esboça algum alívio, mas por meros segundos... Por ironia do destino, é Luz que aparece em sua casa. A italiana foi ter com a rival para lhe comunicar a sua decisão de se afastar de Pedro e aproveitar para lhe dizer algumas verdades, mas acaba por arrepender-se e ficar em silêncio quando vê o estado de Márcia.

Dona de um coração bondoso, a duquesa apressa-se a ajuda-la e telefona aos bombeiros. No entanto, não há tempo. A filha de Gertrudes já está com o trabalho de parto de tal maneira avançado, que Luz é obrigada a “pôr mãos à obra”. Pega-lhe então nos braços, pedindo-lhe que se acalme, pois vai ajudá-la enquanto os bombeiros não chegam. Apesar da hora de sufoco, a vilã está muito contrariada por ter a pessoa que mais odeia ao seu lado naquele momento e começa a amaldiçoar o filho pelas dores que está a sentir. Ignorando as palavras de Márcia, a italiana mantêm-se firme e calma e

diz-lhe para fazer força. Simão acaba pró nascer pelas mãos de luz, que o embala nos braços, emocionada.

Mais tarde, com o bebé já lavado e enrolado numa manta, a italiana estende Simão a Márcia, para que ela o pegue ao colo, mas a rapariga nem quer saber e não pega na criança. Entretanto, ouve-se a porta da rua abrir. É Pedro, que ouve o choro do bebé e nem quer acreditar que perdeu o nascimento do seu filho. Dominada perla maldade, Márcia grita pelo marido... Aflito, Pedro corre em direcção ao quarto.

Espantado, o neto de Joana dá de caras com Luz... o jovem fica ainda mais desconsertado quando a mulher, a chorar, quando lhe diz que a duquesa foi ali de propósito para discutir com ela e nem sequer a deixou ver Simão. A italiana fica furiosa com a mentira da rival e de rastos quando percebe que o ambientalista acreditou na história da mulher... O ambiente fica ainda mais tenso quando Márcia insinua que o desejo de Luz é roubar Simão. Pedro deixa-se levar na conversa da vilã, e a italiana, sem hipótese de defesa, acaba por sair dali com o coração despedaçado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:52


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2009

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D