Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Casos da vida - O Último Recurso

por hitany-fx, em 21.09.08

Ana Paula sai do Call Center, o seu local de trabalho, e dirige-se para casa levando a prenda de Benjamim, uma mascara que ela própria decorou. Quando entra em casa, já Benjamim está a apagar as velas, mas quando este avista a mãe fica radiante e pede à avó e ao pai para cantarem novamente os parabéns.

Antónia tenta apaziguar a conversa dizendo que é dia de festa e pede aos dois para não discutirem. Mais tarde, Benjamim tosse convulsivamente e a avó conta-lhe uma história para ele adormecer. Ana Paula conversa com o ex-marido e este diz-lhe que Antónia não está em condições de tomar conta de Benjamim porque está meio-maluca e só fala em Moçambique, pensando que ainda vive lá. Ana Paula não concorda, porque a sua mãe, além de sofrer de Alzheimer, é muito dedicada ao neto, e essas tarefas também fazem com que a sua doença não se instale mais depressa. Ana Paula tem uma expressão muito cansada e Hélder avisa-a que ela não pode fazer tantas horas extraordinárias. No dia seguinte, Luís, um homem bem parecido, acompanha Ana Paula até casa e convida-a para jantar, ela confessa-lhe que há muito tempo que não janta fora, pois a sua vida é dedicada a trabalhar e a cuidar da mãe e do filho, que são doentes.
Ana Paula entra em casa, Hélder e Antónia estão de roda de Benjamim que tem com muita febre. Hélder acusa Ana Paula de não cuidar bem do filho e só pensar em namoricos, com o badameco engravatado e aponta para a janela.
Ana Paula fica furiosa pois trabalha muitos turnos extra para pagar as contas. Enquanto os pais discutem, Benjamim desmaia, e é levado para as urgências.
No hospital, na sala de espera, Ana Paula e Hélder estão ansiosos à espera de notícias de Benjamim, o Dr. Veríssimo aproxima-se e informa-os que o filho tem uma amigdalite, mas não é nada de grave.

Já em casa, Benjamim dorme profundamente e Ana Paula desabafa com a mãe que o seu patrão não lhe quis dar folga para ficar com o filho e que não sabe se vale a pena trabalhar tanto para continuar a não ter dinheiro.
Passado uma semana, Ana Paula e Luís saem juntos. Depois de uma noite divertida, Ana Paula despede-se de Luís à porta do prédio quando vê a sua mãe, atarantada, a andar de uma lado para o outro. Ana Paula entra em casa aflita e depara-se com Benjamim deitado no chão a ter convulsões.
No hospital, Ana Paula e Hélder recebem a triste noticia que o filho tem uma meningite e precisa de fazer uma operação que é pouco comum no nosso país e com alto custo financeiro. Ana Paula vai tentar por todos os meios arranjar dinheiro para pagar a operação do filho. Vai ao banco pedir um empréstimo mas o gerente comunica-lhe que a sua informação bancária não é muito favorável mas que lhe dará uma resposta dentro de três dias. Ana Paula telefona para a segurança social que a informa que precisam de 20 dias para analisar a situação, deixando-a devastada porque não tem tanto tempo. Entretanto vai ao banco para receber a resposta e percebe que esteve a perder tempo porque o gerente só a atendeu porque Luís lhe pediu, mas o seu pedido já tinha ido para a reciclagem. Ana Paula acaba por discutir com o gerente do banco e com luís.
O Dr. Veríssimo comunica aos pais de Benjamim que ele piorou consideravelmente e tem que ser operado nas próximas 24horas.
Desesperada e sem alternativas, Ana Paula entra no banco e senta-se no meio do chão dizendo que não sai dali enquanto não lhe conceberem o empréstimo.
O segurança tenta agarra-la, a pistola cai-lhe do bolso, ambos tentam agarra-la e ouve-se um tiro. Entre as pessoas que a querem ajudar e as que lutam contra ela, Ana Paula quer apenas salvar a vida do filho

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00


7 comentários

De Moranguita a 21.09.2008 às 00:39

parece me um caso interessante :D

Comentar post




Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2008

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D